9 de ago de 2010

Jovens estrelas furam o espaço numa explosão

  

por Nancy Atkinson


A mancha negra na nuvem com pintados de verde na parte superior da imagem é um buraco soprado através de NGC1999. Os jatos e os ventos de gás a partir dos objetos estelares jovens nesta região do espaço.
Créditos: ESA / HOPS Consórcio.

Há uma mancha negra de espaço em NGC1999, e para os astrônomos, era apenas uma densa nuvem de poeira e gás, bloqueando a passagem de luz; Mas o telescópio espacial infravermelho Herschel, que tem a capacidade de perscrutar essas nuvens densas, fez uma descoberta inesperada.


Esta mancha negra, na verdade é um buraco que foi 'queimado' na lateral do nebulosa pelos ventos e jatos de gás de objetos estelares jovens, nesta região do espaço. "Ninguém jamais viu um buraco como este", disse Tom Megeath, da Universidade de Toledo no E.U.A.. "É tão surpreendente quanto saber que você tem túneis de worms sob o gramado, e descobrir numa manhã que criaram um fosso enorme".

Quaisquer descrições anteriores do NCG1999 dizem que a escura nuvem ameaçadora no centro era realmente uma condensação do gás molecular frio e poeira tão espessa e densa que bloqueia a luz; E os astrônomos não tinham razão para acreditar no contrário, até que os poderosos olhos infravermelhos do telescópio Herschel deram uma olhada, a partir do espaço.


A imagem do Hubble da NCG1999 mostrando a mancha escura.
Crédito: Hubble Heritage Team (STScI) e NASA.

Quando Herschel olhou na direção da nebulosa para estudar nas proximidades as estrelas jovens, a nuvem negra continuou a olhá-lo. Mas, isso não deve ser o caso. Os olhos infravermelhos do Herschel são projetados para ver em tais nuvens. Ou a nuvem era imensamente densa ou algo estava errado.


Investigando mais, usando telescópios terrestres, os astrônomos encontraram a mesma história, porém olhei: este 'remendo' parece negro não porque ele é uma bolsa densa de gás, mas porque é realmente vazio. Algo tem soprado um buraco através da nuvem.


Estrelas nascem em densas nuvens de poeira e gás. Apesar dos jatos de gás e dos ventos, elas têm sido vistas, provenientes de jovens estrelas no passado; sempre foi um mistério, exatamente, como uma estrela usa-os para soprar em seus arredores e sair da sua nuvem de nascimento.
Com o Herschel, esta pode ser a primeira vez que podemos ver este processo.


Os astrônomos pensam que o buraco deve ter sido aberto quando estreitos jatos de gás de algumas das estrelas jovens na região, perfuraram a nuvem de poeira e gás que se forma na NGC1999.
A radiação poderosa proveniente de uma estrela vizinha madura, também pode ter ajudado a limpar o buraco. Seja qual for a precisa cadeia de eventos, poderia ser uma idéia importante sobre a maneira como estrelas recém-nascidas dispersam as nuvens de seu nascimento.




Fontes:

ESA
Universetoday.com

Editorial desta matéria:
Pesquisa, tradução e edição final:
Mariangela Ghirotti.

Nenhum comentário: