15 de ago de 2010

Enciclopédia Ilustrada do Universo

  

Classificação: Física.

Enciclopédia Ilustrada do Universo – A obra-prima de Martin Rees em cinco volumes para você colecionar.
Enciclopédia Ilustrada do Universo, que a Duetto Editorial traz agora ao leitor brasileiro, é uma obra de referência essencial para a exploração do Cosmos. Escrita em linguagem clara e acessível por uma equipe de astrônomos liderada pelo professor de Cosmologia e Astrofísica da Universidade de Cambridge Martin Rees. Universo traz centenas de ilustrações, infográficos, diagramas e fotos que ampliam o alcance do nosso olhar para distâncias antes inconcebíveis. Verdadeiro guia para a exploração visual dos intrigantes fenômenos do espaço, a enciclopédia traz a beleza do céu noturno, algo partilhado por todas as gerações desde os tempos pré-históricos, para mais perto de você. Comece já sua coleção.
O primeiro volume trata do Universo como um todo, abordando das escalas cósmicas a estruturas galácticas, radiação, espaço-tempo, matéria escura e vida em outros mundos além da Terra.
CarimboPDL100PX [Física] Enciclopédia Ilustrada do Universo   Volume 01   Um Mergulho no Cosmos

Enciclopédia Ilustrada do Universo – Volume 01 – Um Mergulho no Cosmos

Tamanho: 100mb
Formato: pdf
Contribuição de Okarinha/PDL

download by
(não hospedamos downloads, apenas informamos as fontes e os links de hospedagem na web).


Fonte:
Ebooksgratis/PDL

"Lunar Magnificado" termina eclipse na América do Norte


Esta foto tirada por Ian Mercer em Queensland, na Austrália, mostra o eclipse cerca de uma hora após o início.
Um eclipse lunar parcial que foi extraordinariamente ampliado aos telespectadores na América do Norte, já terminou.
O eclipse começou às 10:17hs GMT, quando a Lua entrou na sombra da Terra, e durou cerca de três horas.
Por causa do calendário, o eclipse não foi visível a partir do Reino Unido ou na Europa. Mas em muitas partes dos E.U. e Canadá; o maior eclipse surgiu porque ocorreu enquanto a Lua estava perto do horizonte. O efeito é conhecido como a "ilusão da lua".
Segundo a Nasa, Luas de suspensão sugerem um "olhar estranhamente grande quando vistas através de feixes de árvores, edifícios e outros objetos em primeiro plano". A razão para isso não é compreendido.



"Os observadores da Índia, Japão e partes da Ásia Oriental terão o mesmo fenômeno", informou a Nasa em seu site. "Eles verão o eclipse na noite de sábado, quando a Lua estará aumentando". No seu máximo, 54 % do diâmetro da Lua foi coberta. Isso ocorreu em 04:38, hora do Pacífico E.U. (1138 GMT).
Como a Lua, o Sol e a Terra não estavam alinhados, o eclipse não chegará a sua totalidade. Um eclipse lunar total ocorrerá em dezembro e será visível em toda a América do Norte.



Fontes:
Links relacionados BBC: BBC - Sistema Solar - Homepage
Links relacionados a internet: Big Lunar Eclipse - science NASA

Editorial deste blog:
Pesquisa, tradução e edição final:
Mariangela Ghirotti.